IconIconIconIconIconIcon

terça-feira, 21 de junho de 2011

A Torre Negra

A sociedade de Brian Grazer e Ron Howard na Imagine Entertainment está completando 25 anos. Em uma longa entrevista sobre a parceria, o Deadline obteve novidades sobre um dos mais aguardados projetos da história da empresa, a adaptação para o cinema e televisão de A Torre Negra, megaprojeto que envolve três filmes e uma série de TV adaptando os livros de Stephen King.

Howard começou explicando que a opção por um projeto que unisse as duas mídias visa usar todo o potencial criativo de ambas. "Podemos usar a intimidade da televisão quando é apropriado e o escopo e escala da tela grande para os grandes momentos fantásticos. Há também elementos que provavelmente jamais funcionariam em nenhuma das duas também, mas que são incríveis possibilidade para games [...] Este projeto permite que usemos todos os meios que temos disponíveis para explorar todas as possibilidades. A Universal vê isso como algo que pode beneficiar a empresa de várias maneiras".

Questionados sobre o adiamento das filmagens de A Torre Negra, Howard e Grazer explicaram que o início em 2011 era mesmo muito ousado. "A primeira versão do cronograma era apressada demais, para aproveitar o clima desta época do ano. Nós queríamos começar antes, mas não conseguimos justificar esse desejo de maneira que fosse satisfatória a todos os parceiros, então optamos por uma abordagem um pouco mais tradicional. Mas mesmo que comecemos em março será mais apressado do que os demais projetos desta escala", disse Howard.

Grazer aproveitou para explicar que os cortes no orçamento realizados não foram tão radicais quando a imprensa fez parecer. "Estamos produzindo com Akiva Goldsman, que escreveu preocupado com o orçamento. Ele agora está reescrevendo e aparando mais arestas. Os cortes não são tão profundos ou radicais".

Pra completar, Howard disse que o contrato de Javier Bardem (Biutiful, Onde os Fracos Não Têm Vez) não é do tipo que os obriga a pagá-lo quer o filme aconteça ou não ("pay or play"), o que permitiria que ele fosse substituido caso não esteja disponível para participar em 2012 (caso fosse, com o adiamento a produção teria que esperar até que ele estivesse disponível). Ele garante, porém, que o ator está muito interessado em viver Roland Deschains, último de uma linhagem de pistoleiros e última esperança da humanidade no caminho que o leva até a misteriosa torre do título. "Nós passamos muito tempo juntos. Ele está fascinado pelo personagem e tem ótimas ideias para Roland. Eu espero que quando pudermos começar ele esteja disponível e possa juntar-se a nós", disse Howard.

Ron Howard (diretor), Akiva Goldsman (produtor e roteirista) e Brian Grazer (produtor) trabalharam juntos em filmes como Uma Mente Brilhante e O Código Da Vinci.

counter easy hit