IconIconIconIconIconIcon

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Angelina Jolie estreia atrás das câmeras com In the Land of Blood and Honey.


Angelina Jolie estreia atrás das câmeras com In the Land of Blood and Honey. Em entrevista à revista Vanity Fair, a atriz disse que o projeto está mudando sua vida pessoal e também a profissional.

"Eu nunca me senti tão exposta. Em toda a minha carreira eu estive escondida atrás das palavras dos outros. Agora sou eu que estou falando e sinto ridículo se percebo que algo não está certo", disse a atriz.

Sobre as mudanças que essa experiência trará à sua carreira na frente das câmeras, Jolie respondeu com bom humor: "Brad [Pitt] acha que eu vou me tornar um pesadelo. Eu tive uma experiência tão boa que ele acha que eu não terei mais paciência com os diretores, o que já acontece comigo, na verdade. Eu fico impaciente com pessoas que acham que estão fazendo a coisa mais difícil do mundo", complementou.

Outra dica de seu marido foi que enviasse o roteiro para jornalistas e roteiristas de nacionalidade Sérvia e Bósnia que viveram aqueles dias. "Se eles dissessem que não estava bom, eu não faria", completou.
In the Land of Blood and Honey, já tem data para sair nos EUA - e é bem no meio da temporada do Oscar, em 23 de dezembro.

A trama romântica se desenrola durante a Guerra da Bósnia, conflito armado que aconteceu nos Balcãs entre 1992 e 1995 envolvendo a Bósnia, a Sérvia e a Croácia. Goran Kostic faz um sérvio que se apaixona por uma muçulmana (Zana Majonovic) em pleno conflito. O veterano Rade Serbedzija (24 Horas), nascido na Croácia e de etnia sérvia, faz o pai do protagonista.

In the Land of Blood and Honey sai nos EUA pela FilmDistrict, que comprou os direitos do filme no Festival de Cannes. Por enquanto não há notícias sobre quem lançará no Brasil

counter easy hit