IconIconIconIconIconIcon

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Patrick Lussier falou sobre o remake de Hellraiser,

Patrick Lussier falou sobre o remake de Hellraiser e a possibilidade de fazer Halloween 3.

O diretor disse que desenvolve os dois projetos ao lado de seu parceiro Todd Farmer. Primeiro, quer filmar logo Hellraiser e em seguida, assim que receber o sinal verde, quer rodar Halloween 3. "Nós amamos o roteiro e adoramos a franquia. Hellraiser é um mundo mágico criado por Clive Barker, que possui uma beleza vibrante e surreal. Hellraiser não foi criado para fazer dinheiro. É uma obra de arte. Não foi criado para ser como A Morte Convida Para Dançar (Prom Night), nem o Dia dos Namorados Macabro (My Bloody Valentine). Eu adorei refilmar Dia dos Namorados Macabro, mas brincar com o mundo de Hellraiser e tentar levá-lo de volta ao cinema é algo que nós estamos fazendo com muito carinho", disse.

Mas o filme vai ser mais para uma refilmagem, um reinício ou uma história paralela que acontece no mesmo mundo? "Estamos mais para a última ideia, uma história que se ambienta naquele mundo criado por Clive. Não estamos pensando em refilmar o que ele criou, nem em recontar a história, embora tenhamos alguns componentes que já foram vistos neste mundo criado por ele", complementou. Sobre o Pinhead, Lussier disse que estão sendo muito cuidadosos com o visual do personagem. "É preciso entender porque ele é tão icônico. Nós fizemos algumas versões diferentes e as testamos e foi bastante intrigante. Agora estamos trabalhando numa nova versão. A imagem do Pinhead é icônica por um motivo e é algo que queremos preservar. Há alguns elementos que devem continuar e outros que serão apresentados de uma nova maneira. Mexer neste mundo de Clive é olhar a sua criação e imaginar como mostrá-la. O que daria para ser atualizado dali? O que merece uma cara de século 21? Como nós apresentamos isso de uma forma que seja ao mesmo tempo novo e respeite a versão original?", deixou no ar o cineasta.

Já sobre Halloween 3, Lussier disse que a ideia é continuar exatamente do ponto que Rob Zombie encerrou o segundo filme da nova versão da série e a partir daí começar a surpreender o público. "Depois desta longa cena inicial, o filme retornaria um ano depois dos acontecimentos, em um novo Dia das Bruxas, que seria mais parecido com o original de John Carpenter, levando Michael Myers de volta às suas origens", concluiu.

counter easy hit